Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen

Quando a rainha Elyssa morre, a princesa Kelsea é levada para um esconderijo, onde é criada em uma cabana isolada, longe das confusões políticas e da história infeliz de Tearling, o reino que está destinada a governar. Dezenove anos depois, os membros remanescentes da Guarda da Rainha aparecem para levar a princesa de volta ao trono – mas o que Kelsea descobre ao chegar é que a fortaleza real está cercada de inimigos e nobres corruptos que adorariam vê-la morta. Mesmo sendo a rainha de direito e estando de posse da safira Tear – uma joia de imenso poder –, Kelsea nunca se sentiu mais insegura e despreparada para governar. Em seu desespero para conseguir justiça para um povo oprimido há décadas, ela desperta a fúria da Rainha Vermelha, uma poderosa feiticeira que comanda o reino vizinho, Mortmesne. Mas Kelsea é determinada e se torna cada dia mais experiente em navegar as políticas perigosas da corte. Sua jornada para salvar o reino e se tornar a rainha que deseja ser está apenas começando. Muitos mistérios, intrigas e batalhas virão antes que seu governo se torne uma lenda... ou uma tragédia.


Ficha Técnica:
Título: A Rainha de Tearling - Livro I

Autor: Erika Johansen
Editora: Suma das Letras
*Livro de cortesia oferecido ao blog
320 páginas
Avaliação:
Erika Johansen cresceu e ainda vive na área da Baía de São Francisco. Ela foi para Swarthmore College, ganhou um MFA pela Iowa Writers' Workshop e eventualmente tornou-se uma advogada, mas ela nunca parou de escrever.

 Capa e Diagramação: O Livro conta com um mapa representando as áreas citadas durante a história. A cada início de capítulo há um pequeno texto contando um pouco sobre a vida da rainhas, narrando quem ela foi, como se estivessem no futuro contando sua história. A capa é brilhante, tom um tom lindo de azul, detalhes dourados que deu todo um charme. Veio ainda de brinde um lindo colar, que representa a safira de Tearling, a qual vocês conhecem na história.


Resenha: Kelsey é uma jovem de 19 anos que foi criada no exílio desde que tinha um ano de idade. O único contato que tinha era com seus tutores, que a tratavam como pais adotivos. Ela, desde pequena foi ensinada para cumprir o dever pelo qual ela nasceu: governar Tearling. Em seu aniversário de 19 anos ela é levada de volta para a fortaleza, seu lugar de direito. Durante anos ela enxergou a mãe biológica como uma heroína, a melhor rainha que já existiu, um exemplo a ser seguido. Mas ela descobre que isso era apenas um fruto de sua imaginação, pois por onde passou sua mãe deixou uma ruína, po conta do simples fato de que ela não tomara as decisões corretas ao governar. No caminho para sua casa, aos poucos Kelsey toma conhecimento sobre as coisas erradas que andava acontecendo sem seu reino.
Decidida a ser diferente de sua mãe, Kelsey toma decisões que podem mudar o futuro de todos, mas que acha que são necessárias para que a paz volte a reinar.



Impressão Final:  Bem, quando esse livro chegou, acreditem, eu comecei a ler no mesmo instante. Mas como sou uma pessoa que não tem vergonha na cara, só estou fazendo a resenha meses depois. Por isso que tive que dar uma relida, para não ter perigo de falar besteira para vocês. No geral, A Rainha de Tearling é um ótimo livro, a leitura superou minhas expectativas, ainda mais por não conhecer a autora. Os personagens são bem construídos, e esse início de trilogia promete uma sequencia com muitas reviravoltas e ação.
Apesar de ter sido criada de uma forma exclusa, Kelsey se tornou uma jovem forte e de um censo de justiça meio que incomum, por conta de seu histórico familiar. Em momentos que ela deixava os seus sentimentos aparecerem, víamos que ela estava confusa e com medo, por que apesar de ser treinada para tal função, ela nunca teve contato mais profundo com a realeza, ou com seu povo. No entanto, quando tinha de se mostrar que era digna de ser o que era, ela se mostrava uma lider nata, como se já tivesse nascido governando. Espero ansiosamente pelo lançamento do próximo livro, que, alias, será lançado aqui no Brasil em setembro.



2 Comentarios "Resenha: A Rainha de Tearling - Erika Johansen"

  1. Olá!! Menina quando olhei a capa não me interessei muito. Mas, quando li sua resenha vi que é o tipo de livro que eu amo ler. A história da Kelsey parece ser linda e cheia de conquistas e aprendizado.
    Amei...
    Beijos.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comigo foi totalmente ao contrário, amei a capa de primeira.
      Leia ele, com certeza não irá se arrepender.
      Beijinhos da Mady.

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *