Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Resenha: Manipuladores Do Tempo - Júlio Nascimento

(Foto retirada do Google)
Sinopse: O fascínio em poder ir para trás e para frente no tempo é um sonho antigo dos homens, desde as primeiras civilizações. Podemos vislumbrar o assunto incorporado nas antigas mitologias. Ainda hoje, a matéria é discutida, permeando a cultura ficcionista e até o meio científico. Uma das possibilidades de poder viajar no tempo nasceu da Teoria da Relatividade do cientista Albert Einstein. Nela, ele denomina o espaço-tempo como uma entidade geométrica unificada, que, através dos buracos de minhoca – espécie de túneis no Universo, seria possível atravessar e chegar a tempos e dimensões diferentes. 

Adam Smith é um homem capaz de manipular viagens no tempo, ele trabalha para uma organização que tem como objetivo usar a viagem no tempo, para ajudar a humanidade e sua evolução no tempo certo. Em certo dia alguns vigilantes são escolhidos para realizar uma missão muito importante no futuro, e Adam faz parte de um deles.

- Sei muito bem que os cibernianos são de origem humana, mas e os greys, alienígenas que ajudaram os nazistas na Segunda Guerra?- Você queria por fim aos humanos da terra ou deixa-los na idade da pedra. Porque administrador Wilson?

Adam é perdidamente apaixonado por Érika Thompson, o problema é que os manipuladores não podem ter nenhum tipo de relacionamento amoroso. Então ele convence seu chefe a levar Érika na sua missão para ajuda-lo, mas a verdade é que ele quer fugir com ela para outro século, e viver sua vida como uma pessoa normal. Quando o administrador Wilson pede para Adam programar a máquina do tempo para o século 24, ele simplesmente a programa errado para que possa ficar preso no século 20 e viver o resto da sua vida com sua amada. Mas isso causará muitos problemas para o resto do mundo.

-Talvez o fim da Temporalidade e o fim dos humanos! – exclamou Smith

O livro tem uma história bastante interessante, Júlio foi muito criativo ao colocar vários fatos reais misturados com a ficção cientifica. Manipuladores Do Tempo é uma leitura bem rápida, já que só tem 98 páginas ao todo. O problema do livro não foi a história, mas sim as repetições de muitos termos, principalmente o da Temporalidade. Chegou um ponto onde eu já não aguentava mais ler essa palavra a cada cinco linhas, sério foi um uso extremamente exagerado, e também alguns erros de grafia, mas muito poucos.
(Viagem no tempo)

- Adolf Hitler, candidato pelo partido nazista alemão, claro. Ele não perdeu as eleições presidenciais na Alemanha! – exclamou Edgar Hoover.


O que me incomodou também foi o desenrolar da história, em alguns momentos eu senti que o desenvolvimento estava indo rápido demais. Mas tirando esses pequenos problemas e o romance muito rápido, a história foi realmente bem legal e o autor fez diversas conexões com a história antiga, como o nazismo, e o conhecido Albert Einstein. Não é um livro ruim, mas deixou muito a desejar em algumas partes. Manipuladores Do Tempo é bastante indicado para quem gosta de ficção cientifica.














2 Comentarios "Resenha: Manipuladores Do Tempo - Júlio Nascimento"

  1. Gostei muito da resenha e gosto muito de ficção científica, procurei este livro pela internet até encontrei, mas gostaria de saber em qual livraria posso compra-lo. Obrigado, e parabéns pela resenha! Cássio Reis da Literatura Ficcionista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada :) ficção cientifica é muito bom. Dê uma olhada na Saraiva e na cultura, se eu não me engano ele está disponível lá; ou então você pode comprar direto da Editora. Espero ter ajudado, obrigada.
      Beijos

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *