(Foto retirada do Google)
Sinopse: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas.
Sophie é a filha bastarda de um nobre. Depois de um tempo seu pai se casa novamente com uma viúva que trás com ela duas filhas do casamento anterior, e quando descobre sobre a filha do seu atual marido ela passa a odiá-la sem motivo algum, e ainda faz com que suas filhas a desprezem da mesma maneira que ela. Anos depois seu pai morre e Sophie é deixada sobre os cuidados da madrasta sem coração. Em uma noite Os Bridgertons organizam um baile de mascaras e Sophie deseja muito ir, e óbvio que quando vai pedir permissão a madrasta sua resposta é não.
''Todo mundo sabia que Sophie era bastarda, ninguém falava sobre isso, e todos estavam bastante satisfeitos com essa situação. Até que o conde decidiu se casar.''

Benedict o segundo mais velho dos irmãos Brigertons está completamente entediado no baile que sua família planejou; e que seria uma ótima oportunidade da sua mãe empurra-lo para algumas moças solteiras. É então que Sophie e Benedict se esbarram, e como todos estão usando mascaras ele não consegue ver o rosto da jovem dama e tenta de todas as formas descobrir quem é.
"Quarenta e cinco minutos mais tarde. Benedict encontrava-se atirado na poltrona com os olhos vidrados. De vez em quando, precisava parar para se certificar de que não estava com a boca aberta.Eis quão entediante estava a conversa com a mãe.A jovem sobre quem ela queria lhe falar era, na verdade, sete jovens, cada uma das quais melhor do que a outra, segundo Violet.Benedict achou que fosse enlouquecer. Bem ali, na sala de estar da mãe, ficaria louco de pedra. Saltaria da poltrona de repente e cairia no chão em meio a um ataque, sacudindo braços e pernas e espumando pela boca..."



Se você achou essa história familiar, não está errado. O terceiro livro da série Os Bridgertons é baseado na história da Cinderela, as irmãs e a madrasta malvada, o baile até a meia-noite e ela até esquece uma objeto no baile de mascara. Mas o livro não é só isso, depois da parte mais parecida sobre o conto da Cinderela a história vai ter outro rumo que envolve fugas, romance e prisões kkkkk.
“– Acho que vou beijá-la – murmurou ele.– Acha?– Acho que preciso beijá-la – acrescentou Benedict, parecendo não acreditar direito nas próprias palavras. – É como respirar. Não há muita escolha.”
.
 Como eu já devo ter dito em alguns comentários Julia é a minha exceção a regra quando o assunto é romance de época, mesmo com um pouco de receio por ser um livro baseado  no conto da Cinderela – pensei que ia ser igual ao desenho, mas não foi- o livro conseguiu me prender do  inicio ao fim. Os personagens são bem construídos e te envolvem de um jeito único. Acho que toda a série Os Bridgertons vão virar favoritos :D.

Série Os Bridgertons:
1-    O Duque e Eu
7-    Um Beijo Inesquecível
8-    A Caminho do Altar
 


 


16 Comentários

  1. Ahhhhh
    Sabia que você ia favoritar esse, Juh!
    Também foi meu favorito. Amo a série. Amo esse livro. Amo Cinderela. Amo Benedict❤❤❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rsrsrs
      Esse com certeza ia para a lista de favoritos Ray!
      Os Bridgertons são maravilhosos <3. Amo essa série.
      Benedict <3 maravilhoso

      Excluir
  2. Oiii Juliana, tudo bem?
    Infelizmente dessa vez a obra não despertou muito meu interesse, por mais que sua resenha tenha ficado ótima e aliás parabéns <3 pularei a dica da vez.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi :),
      Poxa, é uma pena Morgana :/ quem sabe na próxima :)
      Obrigada :D
      Beijos <3

      Excluir
  3. Ainda não li nada da Julia!
    Cada vez que pego um desses na mão acabo desistindo e pegando outro pra ler.
    Os livros da autora não correspondem muito minhas expectativas. Mas fico feliz que a leitura tenha sido agradável pra ti.

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Quem sabe se você der uma chance acabe sendo mais do que você espera, vale dar uma chance :)
      Essa série é realmente muito boa :D
      Beijos

      Excluir
  4. ouço falar muito bem da autora, mas particularmente não sinto a mínima vontade de adentrar em sua obra... acho esse tipo de releitura das histórias clássicas meio desnecessária, é só a mesma história [Cinderela] com uma nova roupagem... prefiro passar a dica... mas pelo menos pra vc a leitura foi bacana..
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Esse é o único livro da série que é uma releitura, e só o inicio que é bem parecido com a Cinderela, o resto da história vai por um caminho bem diferente.
      Pode ser que você goste dos outros- que não são releituras- vale dar uma chance :D
      Beijos

      Excluir
  5. Olá, esta série está na minha lista faz tempo. Pois nunca ouvi alguém dizer que leu e odiou. Todo mundo ama, e como estou curiosa para entrar no universo romance de época, quero começar pela Julia. A resenha ficou apaixonante e convidativa, só me animando a começar logo a leitura. Parabéns!

    beijos
    http://chalecult.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Se você vai entrar no mundo de romance de época, a Julia Quinn é a autora perfeita para você começar rsrsrs.
      Essa série é simplesmente maravilhosa <3 tomará que você goste!
      Obrigada :D
      Beijos

      Excluir
  6. Julia Quinn pra mim é RAINHA DIVA! Que bom que você gostou, mas te dou dica da Lisa Kleypas dentro do romance de época. Ela tem uma escrita parecidissíma coma JQ e você vai gostar. Da série meu favorito é o do Colin, o 4°, então quando chegar quero ler sua resenha <3
    Beijos,
    https://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julia Quinn com certeza é a rainha mais diva e maravilhosa do mundo! Já ouvi falar muito da Lisa Kleypas, e vou anotar a sua dica :D
      Já tem resenha do livro do Colin aqui no blog, vai conferir :D
      Beijos

      Excluir
  7. Nunca li nada dela, mas ouço falar muito bem. Vou tentar achar algo dela. hahaha
    Ah, mencionei você em uma tag no meu blog. Espia lá. :3
    https://olivromaisnovodaestante.blogspot.com.br/2016/07/tag-conhecendo-novos-blogs.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os livros dela são muito bons, dê uma chance :D
      Certo, vou olhar :)
      Beijos

      Excluir
  8. eu aaaamo essa série, e estes livro está entre os meus favoritos. Amo a história de Ben e Sophie. E realmente, ela conseguiu fazer uma história da Cinderela sem ser igual a tantas outras
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo essa série demais. Eu adoro a história da Sophie e do Ben <3
      Não consigo decidir qual o meu livro favorito kkkkk
      Beijos

      Excluir