Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Entrevista com Clara Brandão, a autora de A Substituta

(Foto retirada do Google)
Sinopse:  Nathan Robins é um cara de sorte. É famoso, rico, bem apessoado e casado com Park Jihyun, uma mulher adorável e bem-sucedida que o ama muito. No entanto, todas essas coisas não impedem que Jihyun seja diagnosticada com um câncer em estágio terminal meses após o casamento dos dois. A vida de Nate passa por uma grande reviravolta.
Sem perspectivas, ele toma decisões erradas que o levam cada vez mais para baixo. Ele não consegue aceitar que existe uma razão para tudo o que está acontecendo.
Nathan conta, junto com tantas outras coisas, o que é enxergar a luz quando se está na escuridão.

Oi gente, hoje eu vim postar a entrevista com a autora Clara Brandão sobre seu livro incrível que é A Substituta :D
Para quem tem interesse em lê-lo – recomendo demais- a Mady ou Ray postou uma resenha muito legal aqui no blog, deem uma conferida. Link: Resenha de A Substituta

1- Quais foram suas inspirações para começar a escrever A Substituta?

Eu sou uma pessoa que fica inspirada muito fácil. Costumo dizer que a minha cabeça é uma pipoqueira de ideias, mesmo que inúteis! Com A Substituta foi basicamente essa pipoqueira entrando em ação, eu vi uma curiosidade no Facebook sobre pessoas fisicamente parecidas e acabei montando a história na cabeça. 

2- Com qual personagem você mais se identifica?

Gosto de pensar que todos os meus personagens tem algo a ver comigo de alguma forma. Não totalmente, mas pelo menos em um mínimo aspecto. Eu me identifico bastante com o Nathan, pela paixão que ele tem em fazer as coisas e se dedicar às pessoas, mesmo fazendo tudo errado às vezes. É uma característica interessante nele. 

3- Abordar um assunto tão delicado como o câncer foi um desafio?

Não, na verdade. Eu já conhecia bastante sobre usso por conta de projetos antigos que não saíram do papel. A questão dramática da morte de uma personagem crucial na vida do protagonista graças a essa doença que foi um desafio, eu nunca tinha feito uma história assim, geralmente os meus protagonistas que passavam pela doença. Foi legal tentar coisas novas.

4- Qual foi a leitura que te fez entrar no mudo literário?

Bom, tem vários! Acho que o primeiro livro que li que me fez pensar "Poxa, eu consigo fazer esse negócio" foi Memórias da Ilha, da Luciana Sandroni, um livro infanto-juvenil que eu ganhei da própria autora depois de falar com ela o quanto eu gostava de ler e queria escrever. Na época eu deveria ter uns dez anos, e a forma que ela me tratou, ficou feliz por eu ter essa paixão e me deu um livro (autografado!) me marcou muito. 

5- Tem algum projeto em mente?

Sim! Estou terminando uma história que tem uma carga um tanto mais dramática que A Substituta, que foi escrita quando eu tinha quinze anos e uma mentalidade muito mais... Adolescente. Não que hoje eu seja uma adulta. Mas com o tempo a nossa mente muda, né? A história (até então) é sobre um artista plástico carioca contando a sua adolescência sofrida para uma jornalista. Acho que até o fim do ano vocês saberão mais dela, haha

6- Qual foi a cena que você mais gostou de escrever? Por quê?

A última cena de A Substituta, eu acho. Sem spoilers, mas eu estava tão feliz em finalmente terminar a história que foi bem prazeroso.

7- Durante o processo de criação do livro, você teve algum obstáculo?

Bloqueio criativo, ou a pior coisa do mundo! Eu passei uma semana inteira sem conseguir escrever um parágrafo, que ódio. 

8- Como escolheu o título A Substituta?

Foi um título provisório só para salvar o arquivo no meu computador. E eu sou péssima em títulos, não consegui pensar em mais nada, A Substituta soava leval e acabou ficando esse mesmo!

9- Algum personagem é baseado em pessoas reais?

Tem a influência hollywoodiana e a kpop, obviamente, então os personagens (pelo menos o Nathan e a Jihyun - que se pronuncia "dírriún") fisicamente são quase que um estereótipo de o que é um cantor pop e o que é uma cantora de kpop. Mas eu tentei não me ater aos estereótipos durante a história, foi só para que a descrição deles fosse menos complicada. Hoje eu não faria da mesma forma, apesar de amar esses personagens. 

10- Por último, você tem alguma mensagem para os seus leitores?

Eu gostaria muito de agradecer o apoio que recebi durante a jornada de mais de três anos pra fazer esse livro sair, sério galera, vocês foram demais. Espero todos no lançamento, no dia 15/07, na Livraria Leitura do Shopping Nova América, no Rio de Janeiro! Descrição: Coração preto grosso



49 Comentarios "Entrevista com Clara Brandão, a autora de A Substituta "

  1. Olá, adorei a entrevista, especialmente porque eu não a conhecia e nem sua obra, mas já irei conferir a resenha. Acho muito legal saber um pouco mais sobre suas inspirações, cenas, escolhas, mensagens e afins.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      A história dela é incrível. É realmente muito bom saber mais sobre os autores e suas obras :D tomará que você goste da história.
      Beijos :)

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Que capa mais fofa do livro, e gostei da sinopse!
    Gostei da entrevista, sempre bom conhecer novos autores, saber mais sobre eles!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Essa capa é de uma fofura só kkkkk, A Substituta é um livro maravilhoso :D
      tomará que goste!
      É muito legal saber mais sobre os autores e conhecer mais sobre a obra.
      Beijos :)

      Excluir
  3. Olá Juliana,
    Adquiri o livor A Substituta em uma promoção que teve na Amazon e preciso ler, mas estou sempre adiando. Ler a entrevista me deixou bem curiosa. Achei muito legal a autora ter falado sobre como escolheu o título e sobre como foi escrever sobre o câncer.
    Também fiquei curiosa com esse novo projeto dela.
    Beijos ♥
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Bruna,
      A Substituta é um livro muito bom, tenho certeza que irá gostar. É sempre bom saber mais sobre os autores e suas obras :D
      Também estou muito curiosa sobre o novo projeto dela!!!
      Beijos <3

      Excluir
  4. Olá, eu não conhecia o livro ainda e achei a premissa dele bem interessante. Gostei de ver essa entrevista e achei muito doida a maneira como ela teve inspiração para criar o livro. Adorei essa dica de leitura e de conhecer um talento nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Quando tiver a oportunidade leia, esse livro é maravilhoso. Não é?! kkkk.
      Nós precisamos conhecer mais autores nacionais, essa leitura é muito boa, espero que goste.
      Beijos

      Excluir
  5. Achei a autora mega simpática e se eu morasse no Rio, com certeza iria ao lançamento do livro.
    Todo sucesso do mundo pra ela.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Ela é muito fofa :D
      Se eu morasse no Rio também iria. Concordo com você.
      Beijos

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Adorei a entrevista a autora foi super simpática! Não conhecia a Clara Brandão ainda e nem o seu livro então foi bacana conhecer um pouco sobre ela.
    Achei a atitude da Luciana Sandroni incrível, deve ter sido algo muito marcante mesmo na vida da Clara.
    Que bom que a autora está sempre tendo ideias, pois isso é essencial para um autor.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      A Clara é super simpático e o livro dela é maravilhoso :) é muito bacana conhecer mais sobre os autores e suas obras.
      Concordo plenamente :D
      Beijos

      Excluir
  7. Aaaaain gente, eu já li a resenha aqui do Blog, e quero muito esse livro. Principalmente pela influência Kpop. Quero muito ir no lançamento, muito. E certamente vou querer saber se leio imaginando a Hyuna ou a Ailee hahaja. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      A Substituta é muito bom, eu li ele em dois dias kkkk. Tomará que você consiga ir. Ele é maravilhoso, tenho certeza que você vai gostar:D
      Beijos

      Excluir
  8. Oi, Ju

    Eu fiquei olhando a capa, achandoque tinha algo estranho nela... ai descobri o que era: eles não têm pés! Hahahah
    Gostei da entrevista. Sempre é interessante saber mais um pouquinho sobre o autor. Eu bem sei o que é um bloqueio criativo, pior coisa para quem escreve.
    Interessante o fato de ter influência kpop. Não curto muito, mas é muito criativo.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi :D,
      Acho que os pés estão cobertos pela grama kkkkkkkkkk.
      Eu também acho, é muito bom saber mais sobre novos autores. O livro é muito bom, espero que goste :D
      Beijos

      Excluir
  9. Olá!! :)

    Nao conhecia o livro mas gostei de conhecer a autora e ate fiquei com vontade de ler o livro! :) Vou pesquisar sobre isso...

    Sou como a autora, sou muito mau a dar titulos ao que escrevo!! :) ahah Talvez me acontecesse o mesmo!! eheh

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      É um livro muito bom, tomará que goste :)
      Adoro conhecer mais sobre os autores. Você escreve?! que legal, qual o nome do seu livro?
      Para você também :D
      Beijos

      Excluir
  10. Olá!
    Eu adorei a entrevista! Esse é um livro que venho namorando já tem um tempo, adoro a premissa dele.
    Bem legal saber mais sobre a autora, passar por bloqueio criativo deve dar um ódio danado mesmo. Vou procurar sobre o livro que ela recebeu de uma autora quando criança, fiquei curiosa hahaha!
    Vou tentar comparecer ao lançamento dia 15.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Você vai adorar ele, tenho certeza kkkkkkkkk.
      É muito bom conhecer mais sobre os autores. Deve ser horrível mesmo.
      Depois conta como foi :D
      Beijos

      Excluir
  11. Oi Julliana,
    Parabéns pela entrevista. Não conhecia o livro e adorei conhecer a autora também!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Obrigada :D
      O livro é muito bom, recomendo.
      Beijos

      Excluir
  12. Gostei da forma que dirigiu essa entrevista. Perguntas claras e objetivas que abrangem uma série de oportunidades. Quem dera se todas as entrevistas que vejo publicadas em blogs fossem assim, como a sua! Rsrsrsrsrsrs....
    Achei a autora verdadeira quando valou dos bloqueios criativos que todos nós temos. Porém, poucos confessam, não é? Vou me aprofundar mais nessa obra e saber se coloco em minha lista de desejados!
    Grande abraço para você e sucesso!
    Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Obrigada :D
      Tentei fazer as perguntas mais objetivas possíveis kkkkk. Concordo bloqueio criativo é realmente uma situação horrível, eu não entendo porque as pessoas não falam?! não é nenhum problema ter um bloqueio.
      Tomará que goste, esse livro é realmente muito bom :)
      Igualmente, Beijos

      Excluir
  13. Oi
    Gostei muito da entrevista. Não conhecia a autora, mas achei fofa.
    Legal ela se inspirar fácil e ter facilidade de desenvolver a mente.
    Gostei da premissa do livro de A substituta.
    Parabéns pelo espaço concedido aos nacionais.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Ela é uma fofa mesmo :D
      Isso é muito bom para quem escreve, ela tem muita criatividade.
      É um livro muito bom, eu recomendo.
      Os nacionais são tão bons quanto os estrangeiros, nós temos que conhecer mais sobre eles :D
      Beijos

      Excluir
  14. Ah, que delícia ler essa entrevista.
    Adorei a autora, super simpática. Eu já comecei a escrever um livro e abandonei porque simplesmente o bloqueio criativo me sugou para um abismo. Foi horrível. Mas ainda bem que ela conseguiu sair dele né HAHAHHA achei o livro com uma premissa muito interessante, vou conhece-lo melhor. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Ela é uma fofa :)
      Que maravilha, não deixe que o bloqueio criativo te faça parar de escrever :D
      O livro dela é maravilhoso. Tomará que você goste.
      Beijos

      Excluir
  15. Oi Ju, adquiri o ebook de A Substituta a tempos, mas ainda não li, a entrevista me deu um empurrão pra relembrar que tenho o ebook e ler, espero gostar muito, a autora parece ser bem simpática.

    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi Ju :),
      A Substituta é um livro maravilhoso, tomará que você goste :D
      A autora é uma fofa, muito simpática.
      Beijos

      Excluir
  16. Mesmo ela tendo escrito o livro cedo ela fez uma história bem dramática e isso chama a atenção porque provavelmente é o gênero no qual ela vai se concretizar, e ela mesmo diz que tem um outro no mesmo estilo de drama. Que legal eu já vi este lançamento e me interessei pela história, mas não sabia que era sobre algo com câncer.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Verdade, deve o gênero que ela mais escreve. Eu estou ansiosa para saber sobre o próximo projeto dela :)
      É um excelente livro, espero que você goste.
      Beijos

      Excluir
  17. É sempre bom conhecer mais esse mundo dos autores, saber como é o processo de escrita e seus novos projetos, Amei conhecer a autora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      É verdade, adoro saber mais sobre eles :)
      Saber sobre os projetos é muito divertido.
      Que bom que você gostou :D
      Beijos

      Excluir
  18. Oi,
    que capa fofinha. Nem parece que se trata de algo dramático como câncer e perda. Adorei a entrevista, é muito bom conhecer mais sobre a personalidade de autores nacionais, ainda mais quando não se conhece a obra ainda.
    Vou conferir a resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Também achei a capa super fofa <3 pensei dá mesma forma rsrsrs.
      É sempre bom saber mais sobre os autores, suas obras e projetos.
      Espero que goste :D
      Beijos

      Excluir
  19. Oi Ray, adorei ela definir a cabeça como uma pipoqueira de ideias, amo essas analogias. Adorei a entrevista e saber mais da Clara Brandão que demonstra ser uma escritora completa e eclética, gosto disso.

    Bjo
    Tânia Bueno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Aqui é a Juh :)
      A cabeça dela deve ter uma ideia atrás da outra, isso é ótimo :D
      É maravilhoso saber mais sobre os escritores e suas obras.
      Beijos

      Excluir
  20. Oi, tudo bem?
    Caso não me engane eu li alguma coisa sobre esse livro e eram comentários positivos, então eu já tinha uma certa curiosidade, agora relembrando a sinopse eu fiquei mais animada ainda. E sobre a entrevista, a autora é super simpática e atenciosa, né? Imagino que o "bloqueio criativo" teve ser um pesadelo mesmo kkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Esse é um livro muito bom. Ela é muito simpática e super fofa, bloqueios criativos são um pesadelo mesmo rsrsrs.
      Espero que goste do livro :D
      Beijos

      Excluir
    2. Ooi,
      Esse é um livro muito bom. Ela é muito simpática e super fofa, bloqueios criativos são um pesadelo mesmo rsrsrs.
      Espero que goste do livro :D
      Beijos

      Excluir
  21. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e nem a autora ainda, mas gostei muito da entrevista e senti que a autora é muito simpática e que o livro é maravilhoso. Vou tentar ler ele em breve para ver o que vou achar, mas tenho certeza que vou adorar!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Ela é uma pessoa muito simpática :) e o livro dela é maravilhoso.
      Tomará que você goste :D
      Beijos

      Excluir
  22. Oie!!!
    Gostei muito da entrevista, pois ficou bem dinâmica! Nem imaginava que a autora era tão jovem!
    Parabéns por ela ter seguido seu sonho e ter chegado lá! Já tinha lido uma resenha deste livro e o enredo é bem interessante e acho que será um sucesso!
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    www.caminhandoentrelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Obrigada :) também não sabia que ela era jovem assim quando li o livro rsrs.
      O livro dela é maravilhoso, tomará que você goste :D
      Beijos

      Excluir
  23. Nossa que legal! Não conhecia esta autora e nem sua obra, gostei de ser apresentada a ambos! Parabéns pela entrevista e parabéns a escritora, muito simpática. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      É um ótimo livro, dá uma olhada na resenha :)
      Obrigada, a autora é uma fofa <3
      Beijos

      Excluir
  24. Olá!
    Já tinha visto a divulgação desse livro, se não me engano aqui no blog. Gostei muito de saber que a autora tem várias ideias. Adorei o termo
    "pipoqueira de ideias" kk. Gosto de histórias que tenham uma carga dramática. Fiquei curiosa para ler o livro.
    A entrevista está maravilhosa.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      As ideias dela são as melhores :) "pipoqueira de ideias"?! foi a melhor referência que eu já li kkk. Então você provavelmente vai gostar desse livro também.
      Obrigada :D
      Beijos

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *