Sinopse: Nathan Robins é um cara de sorte. É famoso, rico, bem apessoado e casado com Park Jihyun, uma mulher adorável e bem-sucedida que o ama muito. No entanto, todas essas coisas não impedem que Jihyun seja diagnosticada com um câncer em estágio terminal meses após o casamento dos dois. A vida de Nate passa por uma grande reviravolta.
Sem perspectivas, ele toma decisões erradas que o levam cada vez mais para baixo. Ele não consegue aceitar que existe uma razão para tudo o que está acontecendo.
Nathan conta, junto com tantas outras coisas, o que é enxergar a luz quando se está na escuridão.
Ficha Técnica:
Título: A Substituta
Autor:  Clara Brandão
*E-book cedido pela autora para a resenha
Gênero: Romance
227  páginas
 Avaliação:

Capa e diagramação: A capa é bem fofa e super bonita, não posso falar muita coisa dela ou da diagramação do livro por que eu recebi uma versão online para a resenha, mas quem sabe eu não adquira um exemplar físico e atualize essa resenha para vocês? Vai depender da minha situação financeira.

Resenha: A história de nosso protagonista começa na Ásia quando ele acaba se perdendo de sua equipe no aeroporto. Tentando encontrar alguém que saiba falar inglês, ele encontra uma garota apoiada no balcão de uma Starbucks que sabia falar a língua, esta se chamava Park Jihyun.(COMO É QUE SE PRONÚNCIA ISSO???) Ela é uma cantora em ascensão e reconhece Nathan por ele já ter reconhecimento (Ava, sério?!). E como agradecimento por sua ajuda, Jihyun ganha um ingresso para o show de Nathan que aconteceria naquela noite.

Após isso, durante a semana que ele permanece na Ásia, os dois se tornam inseparáveis; tornando assim o retorno de nosso astro à Los Angeles insuportável - e isso também se dava o fato da paixão que Nathan já supria por Jihyun. 
"Quando voltei para a América, tive a certeza de que realmente gostava dela. Mais que isso, estava apaixonado."
Os dois continuaram a se comunicar com a ajuda da internet e quando Nathan completa seus 17 invernos, ele tem a oportunidade de encontrar Jihuyn. O astro a pede em namoro e dão início à um lindo relacionamento que só faz o amor deles crescer cada dia mais.

Os dois crescem em sua carreira e em seu relacionamento, assim, para concretizar seu relacionamento, eles sobem ao altar. 
"O que poderia dar de errado? Estava sendo feliz com o amor da minha vida, tinha fãs maravilhosos, levava uma vida calma comparada a outros artistas, que eram perseguidos por paparazzi e sacos de pancada da mídia. Eu tinha muita sorte. Bem, foi quando cheguei neste momento que a queda aconteceu."
Mas como a vida não é um mar de rosas (muito menos o casamento), meses após o casamento dos dois, eles são desestruturados pela notícia de que Park está com câncer em estágio terminal. O casamento fica abalado e nossa protagonista acaba se afastando do marido por não aceitar sua condição e muito menos o tratamento (Para quem não sabe é super doloroso). Mas mesmo depois de Jihuyn deixar claro que não quer ser ajudada, nosso protagonista não sai de seu lado e tenta ajudá-la mesmo assim.

"Ela achava que, de alguma forma,eu a amaria menos se visse como ela estava o que é mentira."
Impressão Final:  Quem falar que eu dei spoiler vai apanhar! O spoiler mesmo mais crucial eu não dei. Ficaram curiosos, né? kkkkkkkkk Bom, eu tive a disponibilidade de apenas dois capítulos da obra,  e sim, tudo isso e (muito mais) aconteceram apenas nesses dois primeiros capítulos e isso, minha gente, é o único pontinho negativo que tive com esse livro. A narrativa rápida dos fatos. Mas aí eu fiquei pensando... Meu Deus! Se tudo isso acontece nos dois primeiros capítulos então imagine o resto. Mas tirando isso, gente, o livro é um amor. Vocês sabem que eu amo essas histórias com um dos protagonistas doente de alguma forma, não sabem? Por isso essa obra me conquistou pela sinopse (cof*cof*e pela capa*cof*cof). A narrativa da Clara é fluida e super leve, coisa que para mim é uma coisa super importante em romances. Super recomendo esse livro aos românticos de plantão. Eu por exemplo estou doida para saber o resto.

Quem aí ficou interessado? Então, meus aprendizes lindos, corre lá no site da Arwen, pois ele já está disponível para a compra. Gostaram da resenha? Deixem suas opiniões aí nos comentários. 
Beijinhos da Mady.


16 Comentários

  1. Eu leria apenas pela capa, é muito fofinha.
    Gostei dessa parte dela ser asiática também, ler livros que contém outras culturas me despertam um interesse maior.
    Parabéns pela resenha, apesar de ter sido dos dois primeiros capítulos apenas rs. Se acontece tudo isso no início, imagina o resto do livro? Gostaria de conferir.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juliana!
      A capa é simplesmente magnífica e eu também estou super curiosa pra saber o que acontece no resto do livro.
      Agradeço pelo comentário e pela visita.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  2. Oi Rayssa.

    Não conhecia este livro que por sinal tem uma capa muito fofa e deixa uma vontade de ler o livro. Sua resenha ajudou aumentar o interesse pela leitura e vou deixar anotado o título dele na caso ter uma oportunidade, eu leia.

    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Kênia.
      Fico feliz em saber que a resenha despertou seu interesse pelo livro. Agradeço a visita e o comentário.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  3. Oi, Rayssa! Nossa, quanta coisa hein???
    Amei a capa, achei super fofa e já fiquei com vontade de ler, pois acredito que essas 227 páginas prometem! Heheh

    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Milene.
      É muita coisa sim, isso me incomodou um tiquinho, mas não é nada que atrapalhe a leitura.
      Fico feliz com sua visita.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  4. Oi! Que pena que não leu o livro inteiro para saber o final da história, mas fiquei feliz em saber que – apesar da rápida narrativa – o enredo conseguiu prender você e aguçar sua curiosidade. Eu confesso que não me interessei, porque tudo me pareceu um tanto inverossímil.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Francine!
      Também senti pena de mim mesma por não ter lido o resto.
      Bom, é realmente uma pena que você não se interessou. Eu costumo falar que é exatamente isso que procuramos nos livros: algo que nos tire da nossa realidade e nos mostre algo diferente.
      Mas mesmo assim respeito sua opinião.
      Agradeço pelo comentário e pela visita.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  5. Nuossa... quanta coisa... eu achei que era a resenha completa até chegar no final e você dizer que eram apenas 2 capítulos. Como assim? Não é meu gênero preferido não, mas fiquei curiosa pra saber o que acontece no resto do livro. Leia logo e volta pra contar.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkkkkk Passei essa impressão? Eu peço desculpas por isso... ou não.
      Pode deixar que assim que eu ler o resto eu venho contar pra vocês como foi.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  6. Oi Ray, que capa mais fofa, romance que deve ser demais e simplesmente sou alucinada por romance. Não gosto da coisa da doença que faz crer em sofrimento com aprendizado e renovação em muitos casos, mas tem sofrimento e isso acaba comigo. Então, mesmo amando demais o que você trouxe prefiro esperar a resenha para saber se não ficarei acabada de dor no coração e de chorar.

    Bjs
    Tânia Bueno Faces

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tânia!
      Não precisa ficar com medo disso, chorar faz bem pra alma... ou pros pulmões? Eu não lembro o.O
      Enfim, espero que o final não seja tão triste quanto você espera, pois, apesar de gostar muito, esses finais acabam comigo.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  7. Oii! Eu achi a capa uma graça e também fiquei com muita vontade de saber o que acontece nos próximos capítulos!! Isso é tortura, ler apenas os dois primeiros hahahah Bom saber que a escrita da autora é leve, adoro histórias assim. Espero que tenha um final feliz, apesar de tudo apontar para o contrário... Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila!
      Eu também achei uma tortura. Quando acabou eu fiquei tipo: cadê o resto? Onde a autora escondeu??
      Kkkkkkkkkkk
      Agradeço por sua visita e pelo comentário.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir
  8. Ooi Rayssaaa, tudo bem?
    Não tem com não elogia essa capa logo de cara, né?! haha Está lindaaa!
    Se pela capa eu já leria, depois de ler mais sobre ele então... a historia parece ser ótimaaa e linda. Espero ter a oportunidade de ler, amo livros do tipo.
    Imagino o quando deve ter sido sofrido ler apenas os primeros capitulos haha sinto muito!
    Beijoos

    http://estantemineira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Catrine! Que bom vê-la por aqui!
      Não é? A editora Arwen sempre capricha em suas edições.
      Dê uma chance à história, tenho certeza de que não irá se arrepender.

      Beijinhos da Mady.

      Excluir