Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Resenha: Rainha das Sombras - Sarah J. Maas

(Foto retirada do Google)
Sinopse: Todos que Celaena Sardothien amou lhe foram tirados. Mas finalmente chegou a hora da retribuição. A vingança promete ser tão dura quanto o aço da Espada de Orynth — a espada de seu pai. Finalmente Celaena retornou ao império; por justiça, para resgatar seu reino e confrontar as sombras do passado.

A assassina está morta. Ela abraçou a identidade de Aelin Galathynius, rainha de Terrasen. Mas antes de reclamar o trono, precisa lutar. E ela vai lutar. Por seu primo, a Puta de Adarlan, o general do Norte... um guerreiro preparado para morrer por sua soberana; por seu amigo Dorian, um príncipe preso em uma inimaginável prisão; por seu povo, escravizado por um rei cruel e à espera do retorno triunfante de sua líder; por seu carranam e a libertação da magia.


Ao avançar em seu plano, no entanto, Aelin precisa tomar cuidado com velhos inimigos. E abrir o coração para novos e improváveis aliados. Tudo isso enquanto os valg continuam trabalhando nas sombras. E Manon Bico Negro, a Líder Alada das Treze, treina suas bestas voadoras. Mas é de Morath, a fortaleza montanhosa do Duque de Perrington, que uma ameaça como nenhuma outra promete destroçar seu grupo de rebeldes e sua corte recém-formada. 

OLHA EU DE NOVO COM MAIS DESSA SÉRIE MARAVILHOSA!!!

Depois do seu treinamento na terra do povo féerico, Aelin está de volta a Adarlan para reivindicar as suas terras. Porém, antes de tomar posse do que é seu, ela fica sabendo por Chaol, que Dorian e Aedion –seu primo- estão presos no castelo e sendo manipulados pelo pai de Dorian, o rei. Então ela irá ajudar a tira-los das garras do tirano que está no poder. Mas para isso Aelin junta forças com Chaol, para tentar fazer com que a magia volte a Adarlan e liberte não só Dorian, como também a população que vive presa todos esses anos sem mágia. Como se não bastasse o antigo mestre dela, Arrobyn, volta para a cidade mais cruel e poderoso do que nunca.

"Havia uma coisa esperando na escuridão."       

Na outra parte da história nós temos a Manon e o seu clã de bruxas. O rei está criando um exército de feras aladas e Manon é a líder. O problema é que as bruxas começam a perceber coisas estranhas acontecendo no lugar onde estão, mas mesmo desconfiadas a avó de da líder  garante que nada de mais está acontecendo, e pede para ela e suas seguidores ficarem longe dos assuntos que não são dá conta delas.

“- Vamos estremecer as estrelas.”


Esse livro foi simplesmente FANTÁSTICO, mais uma vez a Sarah não decepcionou e soube escrever uma história maravilhosa em quase 700 páginas, sem ficar nem um pouco entediante. O livro é cheio de mistério e reviravoltas emocionantes, e faz com que você tente solucionar todos os problemas e achar todas as respostas o mais rápido possível. A autora foi muito inteligente em conectar pontos que eu nem sabia que podiam ser possíveis e isso me deixou bastante surpresa.



                                  “- O que eu faço agora? O que eu faço?
                                   - Ilumine a escuridão.” 

Sem falar é claro dos personagens incríveis que a Sarah adicionou nesse volume. A Lysandra é uma delas, no inicio eu fiquei com o pé atrás a seu respeito, mas no fim do livro ela virou uma das minha personagens favoritas. Além dos novos, tem também aqueles que já estão desde o começo da história- Rowan, Dorian, Chaol, Aelin, Nehemia*, Manon-  entre tantos outros.

(Quando a Asterin conta sua história )
  "- Acredita que monstros nascem ou são feitos?

Rowan me conquistou de vez nesse livro, sério, ele é incrível- mas infelizmente fictício rsrs-, a Manon também me surpreendeu, a evolução da personagem foi digno de aplausos,a Asterin roubou a cena nos capítulos finais, com sua história de partir o coração. E por fim a Aelin, como Rowan já dizia, ela é a verdadeira rainha, coração de fogo, isso define sua personalidade marcante.

“Se Aelin podia fazer uma cidade inteira queimar como vingança por uma rainha feérica ter chicoteado um amigo... O que faria com o império que escravizara e massacrara seu povo?” 

(Minha reação praticamente o livro todo)

Rainha das Sombras é destruidor de sentimentos, eu fiquei uma semana pensando nesse livro, e tive que dar um tempo para absorver toda a história,o que me deixou muito ansiosa para ler o próximo. O quinto volume estreia aqui no Brasil no segundo semestre do ano que vem. Não vejo a hora de surtar com mais um livro da Sarah J. Mass
. 
“-Você e eu não passamos de bestas selvagens em pele humana.”

Trono de Vidro:
1-    Trono de Vidro
2-    Coroa da Meia-Noite
3-    Herdeira do Fogo
4-    Rainha das Sombras
5-  Império da Tempestade (em breve)
  

















2 Comentarios "Resenha: Rainha das Sombras - Sarah J. Maas"

  1. Amoooooo a Sarah, amooooo Trono de Vidro. Linda resenha! Ainda não li esse, mas li os outros três. Amei o blog. Estou participando!
    Um abração!
    Eu Sou Um Pouco De Cada Livro Que Li

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Sarah divaaaaa, essa saga é vida. Quando você puder leia, é maravilhoso.
      Obrigada :D
      Beijos

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *