Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Resenha: Dama da Meia-Noite - Cassandra Clare

(Foto retirada do Google)


Sinopse: Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira. Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?
“A lei é dura, mas é a Lei.”

Depois da guerra maligna a Clave teve que criar novos acordos, onde as fadas deviam ser punidas pelo que fizeram quando se juntaram ao lado errado da guerra. Em um desses acordos, os irmãos mais velhos de Julian- Mark e Helen- foram “banidos” do mundo dos caçadores de sombra, por terem sangue de fada, então ele fica responsável por tomar conta de seus irmãos mais novos – Tavvy, Dru, Ty e Livy.

“A vingança é uma amante fria”

Emma e Julian foram amigos a vida toda, e depois de um tempo resolveram ficar ainda mais ligados, a partir de uma cerimônia para se tornarem parabatais* (O parabatai é o seu parceiro na batalha. O parabatai é seu melhor amigo. Parabatai pode ser tudo para o outro mas eles nunca podem se apaixonar.). Com o passar dos anos eles começam a ter sentimentos um pelo outro, o problema é que a lei proíbe esse tipo de relação entre parabatais. Mas eles nem desconfiam que além da lei á uma terrível maldição que recai para aqueles que a violam.

“- Jules - falou impulsivamente. - Posso ficar aqui? Era o código deles, a versão abreviada de um pedido mais longo: fique e me faça esquecer os pesadelos. Fique e durma ao meu lado. Fique e espante os sonhos ruins, as lembranças de sangue, de pais mortos, de guerreiros crepusculares com olhos com carvão mortos.”

Mortes inexplicáveis onde os corpos tinham símbolos estranhos marcados neles começam a rondar LA. Emma junto com Julian e os seus irmãos, iniciam uma investigação para descobrir quem é o culpado. Emma começa a perceber a semelhança entre os assassinatos atuais, com que aconteceu aos seus pais cinco anos atrás.

"Somos parabatai, e isso significa que as coisas que fazemos juntos são... extraordinárias.”

Então eles vão a uma busca desenfreada por respostas, e acabam se deparando com segredos sombrios e tenebrosos que vão ter que enfrentar para conseguir o que querem.

“O mundo é terrível, e alguns são atraídos por ele e se afogam, e outros se elevam e carregam outros consigo. Mas não muitos. Nem todo mundo pode ser Julian”.

Esse livro foi simplesmente SENSACIONAL, os personagens da Cassandra são construídos de uma forma onde nós não conseguimos não nos apaixonar por todos eles. O “vilão” da história foi inesperado, eu nunca nem cogitei a possibilidade desse personagem ser a pessoa que causou todo esse banho de sangue; sério eu fiquei uns 3min parada olhando para o nada, porque eu não conseguia acreditar que aquilo estava acontecendo.
(Amy me representando, quando descobri quem era o assassino)

“Ninguém é o vilão da própria história”

Porém o final desse livro me deixou desesperada pela continuação e me chocou tanto quanto a verdadeira identidade do assassino. E ainda a o romance proibido do Julian e da Emma, que além de ser contra a lei dos caçadores de sombras, também à uma maldição que poderá cair sobre eles.

“Ele tem que dizer, vocês são as metades de um inteiro. Vocês precisam ser diferentes, como luz e sombra; ele traz cautela para a sua imprudência, e você traz imprudência para a cautela dele. Sem o outro, vocês não funcionam tão bem. É isso que significa ser parabatai”

Dama da Meia-Noite faz parte da trilogia Os Artifícios das Trevas, o segundo livro tem previsão de chegada ao primeiro semestre de 2017. A primeira edição desse livro vem com um capítulo extra maravilhoso.

Os Artifícios das Trevas:
1-    Dama da Meia-Noite
2-    Lorde das Sombras
3-    Sem Título







6 Comentarios "Resenha: Dama da Meia-Noite - Cassandra Clare"

  1. Olá!
    Eu não sou muito fã da escrita da Cassandra, não sei se me agradaria com sua nova trilogia, a sinopse e todas as resenhas que leio sobre o livro me deixam um pouco confusa, nunca entendo muito coisa e também não me chama em nada a atenção.
    Mas, por outro lado, as capas de todos os livros da Cassandra são lindos, isso não tem como negar!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      É um pouquinho complicado de entender pela sinopse kkkkkk, mas em todos os livros ela explica o que acontece no mundo dos caçadores de sombras :)
      As capas são realmente maravilhosas, não tem como escolher a mais bonita kkkkkkkkk
      Beijos

      Excluir
  2. Olá, amei a sua resenha. Acabou me deixando curioso para saber quem é o assassino (ainda não li, mas já tô louco para saber), tenho ele na estante (porém quero ler as peças infernais antes de conhecer mais a fundo a história da Emma e do Julian).
    Parabéns pela ótima resenha, beijos!

    Luan - Carpe Diem Literário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Sério esse livro é muito bom, quando você descobrir vai ficar chocado kkkkk
      É bom ler Peças Infernais primeiro mesmo, você consegue entender melhor alguns personagens que aparecem em Dama da Meia-Noite.
      Obrigada :D
      Beijos

      Excluir
  3. Olá!
    Menina você acredita que nunca li nada da escritora? Tenho muita curiosidade em ler e acho que vou começar por essa trilogia. A capa é linda e a história me deixou super animada. Parece ser um mundo diferente e bem construído. Espero que o segundo livro saia logo.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooi,
      Sério?! comece, você vai adorar :) essa trilogia ainda de ter a capa maravilhosa, tem uma história sensacional. Realmente é um mundo totalmente diferente dos outros livros.
      Também estou louca para o segundo sair rsrsrs
      Obrigada :D
      Beijos

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *