Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Resenha : Como eu era antes de você - Jojo Moyes

(Foto retirada do Google)

Sinopse: Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


Impressionante.

Depois que o café fecha as portas Louisa tenta desesperadamente procurar um emprego. O que ela não esperava era que iria conseguir um trabalho como cuidadora de um tetraplégico; sem muitas qualificações ela acaba aceitando o emprego, se surpreendendo com o generoso salário que é oferecido.

"Eu dispunha de cento e dezessete dias para convencer Will Traynor de que ele tinha motivos para viver."

Will Traynor era um rapaz bastante ativo e praticava qualquer tipo de esporte, até que um dia ele foi atropelado por uma moto e acabou ficando em uma cadeira de rodas. Os médicos foram bem realistas em relação as condições do Will, que nunca irá voltar a andar. Então ele toma uma decisão bastante surpreendente, que parece ser a certa para ele e bastante desesperadora para a sua família.

"E sabe o quê? Ninguém quer ouvir esse tipo de coisa. Ninguém quer ouvir você falar que está com medo, ou com dor, ou apavorado com a possibilidade de morrer por causa de alguma infecção aleatória e estúpida. Ninguém quer ouvir sobre como é saber que você nunca mais fará sexo, nunca mais comerá algo que você mesmo preparou, nunca vai segurar seu próprio filho nos braços. Ninguém quer saber que às vezes me sinto claustrofóbico estando nesta cadeira que tenho vontade de gritar feito louco só de pensar em passar mais um dia assim."

Chegando no seu primeiro dia de trabalho Louisa descobre porque o trabalho é tão bem pago, Will mesmo em uma cadeira de rodas consegue ser completamente insuportável, rebatando todas as falas dela, ignora-la completamente, além de criticar o seu senso de moda peculiar.

“— Eis o que sei a seu respeito, Srta. Clark. Minha mãe disse que você é falante. — Ele disse isso como se fosse um incômodo. — Vamos combinar uma coisa? Daqui por diante, pode ser desfalante?”

Com o passar dos dias Lou e Will passam a ter menos discussões e a conversarem mais, Will começa a ficar de bom humor e a não querer ficar sozinho e aprecia a companhia da Lou. Toda a família começa a perceber a mudança em seu comportamento e começam a ter esperança com relação ao Will.

“— Você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”

O ponto chave do livro é a relação da Lou e do Will, enquanto a Lou quer convencer o Will que ele pode ter uma vida mesmo estando aprisionado na cadeira de rodas, o Will tenta ensinar a Lou como viver da melhor forma possível.

Os personagens secundários também dão ao livro um toque especial, como a mãe, o pai e a irmã da Lou. Além do namorado dela Patrick que é um tanto diferente da Lou.

Esse livro vai arrancar risos, lágrimas e algum desespero. Como eu era antes de você é um livro incrível, a Jojo Moyes te transporta para a história de um jeito que você é incapaz de parar de ler uma só página até o final. Depois que acabei de ler essa história incrível, fiquei com um tremenda ressaca literária e não consegui ler mais nada por pelo menos umas 3 semanas, porque esse livro destrói o emocional de qualquer um.

A Jojo Moyes lançou nesse mês de fevereiro a continuação de Como eu era antes de você, que se chama Depois de você. Além do mais a produção cinematográfica desse livro vai ser lançado dia 16 de junho de 2016.


Esse livro entrou na minha lista de preferidos.
Espero que vocês tenham gostado da resenha de hoje.

Avaliação:

2 Comentarios "Resenha : Como eu era antes de você - Jojo Moyes"

  1. Eu amei essa resenha! Você é fantástica quando é a respeito da escrita! Adorei muito. E eu sempre estarei comentando, me avise quando ter post novo! 😍 lá no meu blog você encontra meu email! Amei super, esse livro ta na wishlist e agora to com muito mais vontade de ler!

    www.resenhandocomgab.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwww,obrigada :D
      Pode deixar que a Ray - criadora e colunista do blog- vai avisar sempre que tiver post novo.
      Tenho certeza que você não vai se arrepender de ler esse livro, ele é maravilhoso.
      Depois que você ler conta pra gente o que achou :)

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *