Ei, gente. Ainda abrangendo o assunto do meu último post, achei isso aqui. Antes, eu falei sobre os 10 mandamentos do leitor, mas este aqui é diferente, esses são os direitos de todo leitor. São dez regrinhas que se respeitarmos, a convivência no mundo da literatura será muito melhor.


Direitos imprescritíveis do leitor:
1.O direito de não ler.
2.O direito de pular as páginas.
3.O direito de não terminar de ler o livro.
4.O direito de reler.
5.O direito de ler no importa o quê.
6.O direito ao “bovarysmo” (doença textualmente transmissível).
7.O direito de ler não importa onde.
8.O direito de “colher aqui e acolá”.
9.O direito de ler em voz alta.
10.O direito de se calar.

Em vez de explicar cada tópico, decidi deixar a Tatiany Leite do Canal Cabine Literária explicar para vocês:


Referência:
Pennac, Daniel - Como um romance – tradução de Leny Werneck- Rio de Janeiro: Rocco, 1993


Bom, espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Não esqueça de deixar seu comentário nos falando o que achou do post. Beijinhos da Mady.


Agradecemos por sua visita. Deixe um comentário e nos mostre sua opinião sobre este post :D