Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Indicações: sexta-feira 13


                                                                                                          

        Hola, mí gente guapa! Como vocês estão nessa madrugada de sexta-feira 13? Procurando alguma coisa interessante para ler? Estou aqui para ajudar. A seguir, estão uma lista com 13 livros bem interessantes para se passar o tempo nesta madrugada. Esta é nossa primeira postagem de indicações de livros. Espero que gostem!
                                                                                                          




Título: Unnatural Creatures
(edição em inglês)

Editora: Turtleback Books 
Autor: Neil Gaiman


324 páginas

SinopseUm grifo, um lobisomem, um sunbird. . .

Estas são apenas algumas das criaturas fantásticas que você encontrará nestas páginas. A partir do cockatoucan, cuja risada reorganiza todo um reino, para a Besta sem forma itinerante que se esconde em uma floresta, aqui é uma coleção de espécies raras e magníficas. Cada um vai emocionar, prazer, e muito possivelmente enervar você. Selecionado pelo mestre contador de histórias Neil Gaiman, os dezesseis histórias neste zoológico irá apresentá-lo a uma série de estranhos, seres maravilhosos que nunca existiram em qualquer lugar, mas na riqueza da imaginação. Com histórias de Neil Gaiman, Diana Wynne Jones, E. Nesbit, e muitos mais, criaturas antinaturais irá beneficiar a alfabetização sem fins lucrativos 826DC.
(tradução não-oficial)




Título: Psicose

Editora: DarkSide  
Autor: Robert Bloch


256 páginas

Sinopse: Psicose, o clássico de Robert Bloch, foi publicada originalmente em 1959, livremente inspirada no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O protagonista Norman Bates, assim como Gein, era um assassino solitário que vivia em uma localidade rural isolada, teve uma mãe dominadora, construiu um santuário para ela em um quarto e se vestia com roupas femininas. Em Psicose, sem edição no Brasil há 50 anos, Bloch antecipou e prenunciou a explosão do fenômeno serial killer do final dos anos 1980 e começo dos 1990. O livro, assim com o filme de Hitchcock, tornou-se um ícone do horror, inspirando um número sem fim de imitações inferiores, assim como a criação de Bloch, o esquizofrênico violento e travestido Bate, tornou-se um arquétipo do horror incorporado a cultura pop.



TítuloO Silêncio dos Inocentes

Editora: Best Bolso
Autor: Thomas Harris


392 páginas

Sinopse: “Thriller psicológico brilhantemente construído.” Associated Press “A trama de suspense é muito bem estruturada por Harris até o clímax.” The Washington Post Cinco mulheres são brutalmente assassinadas em diferentes localidades dos Estados Unidos. Para chegar até o sanguinário assassino. a jovem agente do FBI. Clarice Starling. entrevista o ardiloso psiquiatra Hannibal Lecter. cuja mente psicopata está perigosamente voltada para o crime. Ao seguir as pistas apontadas pelo Dr. Lecter. Clarice envolve-se em uma teia mortífera surpreendente. O texto de Thomas Harris é arrepiante. Em 1991. a adaptação para o cinema de O silêncio dos inocentes com Anthony Hopkins e Jodie Foster nos papéis principais rendeu ao filme cinco estatuetas do Oscar.



TítuloCoração Satânico

Editora: Best Seller
Autor: William Hjortsberg



244 páginas

SinopseNova York, final dos anos 50. Entre bairros negros e casarões decadentes circula Harry Angel, detetive particular ao velho estilo. Sua mais apavorante aventura começa com um telefone de Louis Cyphre. O estranho cliente pede um serviço simples: que Angel localize o músico Johnny Favorite, um astro da canção desaparecido anos antes. No rastro de Favorite, Harry Angel mergulha num mar de sombra e pesadelo, onde cada testemunha pode morrer e cada pista se dissolve em sangue. Em meio a rituais de magia negra, a trama cresce em tensão e mistério, até um desfecho imprevisto e chocante. Mas é nos detalhes - que incluem um tórrido caso de amor - que o autor tece uma teia brilhante, repleta de simbolismo e capaz de eletrizar o leitor.




TítuloInsanas... elas matam!

Editora: Estronho
Autor:Anna Schermak; Vários



144 páginas

SinopseInsanas é uma antologia escrita somente por mãos femininas. Mas não se engane, pois aqui não terá espaço para textos sublimes, chick lit, conjecturas sobre o universo feminino e nem saudades da vovozinha que se foi. Aqui... Elas matam!
A antologia Insanas tirou dessas mulheres o que elas têm de mais cruel de dentro delas. Nem nos piores dias de TPM da sua namorada ou esposa você poderia imaginar tanta violência, descontrole e sadismo.
Textos recheados de crueldade, tortura, sangue, terror, sexo, sadismo, traição, ambição extrema, morte e muito mais. Tudo fruto dessas mentes cruéis. Elas produziram as mais insanas escritas e mostraram do que são capazes. Sexo frágil? Não... Elas podem ser cruéis quando querem.
"Mas quando ela arrancar seu coração, O sangue quente escorrendo por sua mão O rio vermelho que mancha a tua cama
Finalmente verás o quanto ela é insana."



Título: It: A Coisa

Editora: Suma de Letras
Autor:Stephen King



1104 páginas

SinopseDurante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry.
Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em It : A Coisa, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.




Título: Horror em Amityville

Editora: Record
Autor: Jay Anson



198 páginas

SinopseEm 13 de novembro de 1974 a polícia do condado de Sufolk recebeu uma chamada telefônica que a levou ao endereço 112 Ocean Avenue, Amityville, Long Island. Dentro da casa a polícia encontrou um crime brutal: o assassinato de uma família inteira enquanto dormia. Poucos dias depois, Ronald Defeo Jr. admitiu que usou um rifle para matar os pais e seus 4 irmãos, alegando ter ouvido vozes que vinham de dentro da casa e que o influenciaram a cometer os crimes. Um ano depois George e Kathy se mudam com os filhos para a antiga casa dos Defeo. Não demora muito para que estranhos eventos comecem a acontecer, afetando a vida da família e indicando que uma presença maligna está oculta na casa.




Título: Os Mortos-Vivos

Editora: Círculo do Livro
Autor: Peter Straub



534 páginas

SinopseA história se passa na pacata cidade de Milburn, e envolve um grupo de quatro amigos que foram a Sociedade Chowder: Ricky Hawthorne, John Jaffrey, Sears James e Edward Wanderly, que tem o custome de reunirem-se duas vezes por mês para contar histórias de fantasmas, acompanhados por charutos e bebidas. Não importa como as histórias aconteceram, o que importa é a forma em que é contada para o grupo. Quando uma série de estranhos eventos começam a acontecer na cidade, eles resolvem pedir a ajuda de Donald Wanderly sobrinho de Edward. Donald é um escritor e seu último livro fora sobre ocultismo, por isso a Sociedade acredita que as pesquisas que Donald fez para o livro possam ajudá-los. Donald chega na cidade e eventos ainda mais estranhos acontecem, alguns deles incluem uma ex-namorada de Donald, uma ex-moradora da cidade e alguns integrantes de uma das histórias de Sear James contada em uma das reuniões da Socidade.




Título: A Causa Secreta

Editora: Boa Companhia
Autor: Machado de Assis, Vários



152 páginas

SinopseOs seis autores aqui reunidos representam o que há de mais importante na literatura dedicada ao gênero horror. Do precursor Edgar Allan Poe, que apresenta a atmosfera aristocrática das abadias do príncipe Próspero, personagem do conto “A máscara da morte rubra”, passando pela crueldade psicológica de Fortunato, de “A causa secreta”, de Machado de Assis, ou a morte surpreendente de Elias, um cientificista que sofre a vingança de um bicho no conto “A selvagem”, do irlandês Bram Stoker, autor da mais famosa história de vampiro na literatura, Drácula (1897). E ainda “A mão”, do francês Guy de Maupassant, “O rapa-carniça”, de Robert Louis Stevenson e “O cirurgião de Gaster Fell”, do também escocês Arthur Conan Doyle. Todas as histórias aproximam o leitor do obscuro e do indizível que muitas vezes só a literatura consegue traduzir.




Título: O Exorcista

Editora: Nova Fronteira
Autor: William Peter Blatty



336 páginas

Sinopse: Nos Estados Unidos da América, algo muito estranho acontece. Atingida por uma doença que os melhores especialistas não conseguem descobrir, uma criança caminha para a morte, semeando a destruição à sua volta, ao mesmo tempo que se vai apagando numa agonia atroz.




Título: Mr. X

Editora: Bertrand Brasil
Autor: Peter Straub



616 páginas

SinopseUma imaginação de arrepiar. E que inspira novas histórias. Provavelmente foi uma das impressões de Stephen King sobre os livros de Peter Straub. O gosto pela literatura de Straub foi tão impactante e influente que King acabou escrevendo vários livros em parceria com o ídolo. Peter Straub é conhecido no mundo inteiro por criar thrillers fora do comum, literalmente. King vai mais fundo: "Ninguém na indústria do horror pode se igualar a ele". Mr. X é um livro monstruoso e sobrenatural. Além de arrancar elogios da crítica de prestigiados veículos internacionais, como Publishers Weekly e Chicago Tribune, o autor é adorado por uma legião de leitores de diversas nacionalidades.Straub une personagens de grande dimensão psicológica, explorando as fronteiras da mente humana, com doses caprichadas de razão, fantasia, aventura, carnificina, ritmo e agilidade literária inconfundíveis. 




Título: A Hora das Bruxas

Editora: Rocco
Autor: Anne Rice



492 páginas

SinopseEm A hora das bruxas, a autora mais uma vez exorciza seus demônios e fantasmas, narrando a saga de uma família que em quatro séculos vive entre feitiçaria e forças ocultas. A família Mayfair é o ponto central de uma dinastia de bruxos, que cresceu e prosperou dedicando-se à magia negra. Entre os Mayfair, convive-se pacificamente com o incesto, os assassinatos e com o espírito meio divindade celta, meio demônio, chamado Lasher. O romance se desenrola cronologicamente para a frente e para trás, passando por Nova Orleans e São Francisco atuais e deslocando-se até o Haiti ou a um castelo na França de Luis XIV. As bruxas de Anne Rice não pilotam vassouras: são mulheres mafiosas, ocultas sob uma delicadeza fútil. Para elas, a bruxaria é a ciência mais confiável. Desde o final da década de 60, quando especializou-se na "síndrome da jugular", a autora de Entrevista com o vampiro angaria legiões de fãs que aumentam dia após dia.



Título: Além da Carne

Editora: Contos Insanos
Autor: Cesar Bravo



166 páginas

SinopseA coletânea “Além da Carne” é definitivamente dedicada a fãs de suspense e horror, principalmente horror. Originalmente fazia parte do volume “Calafrios da noite”, mas terminou ganhando um título individual pelo seu teor bem mais violento e “gore”. 
*O primeiro dos contos trata de uma evocação de demônios por um casal cigano. Um dos ciganos, entretanto, resolve trapacear (ou tentar) e enganar o pai da mentira. Um conto clássico inspirado nos piores calabouços do gênero terror. Cheiro de enxofre, vísceras, lágrimas e traições batendo nos porões do inferno.
*A segunda história que compreende a maior parte do livro é sobre um técnico de computação que vive uma vida miserável com sua esposa e seu filho Randy; um garoto de dez anos com limitações mentais que o aprisionam em uma mente de bebê. Marcos em um dia ruim demais para ter acordado vê a chance de mudar seu futuro e o de sua família. As coisas realmente podem mudar, mas será mesmo que para melhor? Quanto custaria corromper o próprio destino?
*Depois temos Lucrécia; oh, pobre Lucrécia. Uma garçonete sem sorte que presencia em seu emprego noturno a conversa de três homens de terno caro e sorriso fácil. Mas a empresa que representam não vende ou negocia nada que ela já tenha visto. E Lucrécia tem sede de deixar a terra de abusos onde se criou. Deus não a tirou da miséria por mais que implorasse, e se ela ouviu direito, aqueles homens são a própria concorrência do paraíso.
*Quarto conto. Serginho e sua Fera. Uma arma carregada, bullying e a certeza que antes do sinal das dez a quadra da escola estará cheia de sangue e justiça — e com algumas lágrimas.
*Depois, temos a história de quatro amigos brincando com o acaso. A lenda gira em torno de um quadro que jamais deveria ser visto; um quadro maldito. Mas eles moram em uma cidade pequena e fazer besteiras é a única coisa que resta a cinco garotos adolescentes. São os anos noventa e Axl Rose está quase perdendo a vez para Kurt Cobain como o Atari perdeu para o Super-Ness. Mas os pobres garotos têm bem mais a perder que uma capa da Rolling Stone. Podem perder a própria vida.
*O último conto é sobre 153.342. Um demônio que... Droga; eu não devo contar isso... Mas talvez ele te conte...
Bem-vindos a mais um massacre da coragem.



n

0 Comentario "Indicações: sexta-feira 13"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *