Quote Semanal

Quote Semanal

“— Ah, Edward.— Ela suspirou enquanto ele acariciava seu rosto com as mãos ensanguentadas e a beijava delicadamente.

Edward afastou o rosto dos lábios dela.

— Eu amo você”

—O Príncipe Corvo

Diz a ciência: Quem lê livros não só é mais inteligente como também é o melhor tipo de pessoa para se apaixonar

 Você provavelmente já sabe ou pelo menos tem uma vaga ideia de quantos benefícios a leitura pode trazer à nossa vida? Tenho certeza de que sim.
 Mas e se eu falar a você que essa experiência é tão importante que pode até mesmo ser provado com base científica, que as pessoas que leem são as melhores pessoas para se ter uma conversa civilizada e até mesmo viver uma paixão?
 Foi isso que a escritora Lauren Martin fez ao publicar, no site Elite Daily,  seu artigo “Why Readers, Scientifically, Are The Best People To Fall In Love With” ( “Por que os leitores, cientificamente, são as melhores pessoas para se apaixonar”).






  Confira os trechos, em português, do artigo da Lauren:

“Você já leu um livro até o fim? Realmente até o fim? Capa a capa. Fechou-o com aquela sensação de voltar lentamente à realidade? Você suspira fundo e fica ali, sentado. Com o livro em suas mãos…”

“É como se apaixonar por um estranho que você nunca verá novamente. O desejo e a tristeza que sente por um caso de amor que acabou dói, mas ao mesmo tempo você se sente saciado, cheio pela experiência, a conexão, a variedade que surge após digerir outra alma. Você se sente alimentado, mesmo que por pouco tempo.”

 Comparando o emocional vivido em uma paixão com o processo de terminar de ler um livro a autora começa a explicar para a sua teoria, que por acaso também tem base científica.
 De acordo com artigos de estudo de 2006 e 2009, publicados por Raymond Mar ( psicólogo da Universidade de York, do Canadá) e por Keith Oatley ( professor de psicologia cognitiva na Universidade de Toronto) quem é um assíduo e profundo leitor de ficção possui maior capacidade de empatia e de desenvolver a chamada “teoria da mente”, que é a habilidade de aceitar outras opiniões, crenças e interesses, além de seus próprios, assim, os leitores são capazes de considerar outras ideias sem rejeitá-las e, mesmo assim, manter as suas próprias. 
 Para ter essa característica pessoal, Lauren acredita que é preciso ter uma boa “diversidade de experiências sociais”. A explicação para o leitor ser mais desenvolvido na “teoria da mente” é a de que ele vivencia experiências através de outros olhos, vê o mundo através de outras perspectivas e absorve sabedoria de cada uma dessas experiências.

“Eles aprenderam como é ser uma mulher, e um homem. Eles sabem como é ver alguém sofrer. Eles são maduros, sábios.”

 Lauren Martin ainda se baseia em um estudo de 2010, também de Raymond Mar, que diz que quanto mais histórias foram lidas para uma criança, mais aguçada é a “teoria da mente” dela. A criança torna-se mais sábia, adaptável e compreensiva.

“Porque ler é algo que molda você e aumenta o seu caráter. Cada triunfo, lição e momento crucial da vida do protagonista se tornam seu.”

Os principais argumentos utilizados pela autora foram:

“Eles não vão falar com você. Eles vão conversar com você.”

Segundo o artigo, os leitores não irão dar respostas simples, mas apresentarão pensamentos profundos e teorias intensas, encantando com o conhecimento de palavras e ideias.

“Faça um favor a si mesmo e namore alguém que realmente saiba como usar a língua.”

“Eles não apenas te entendem. Eles te compreendem.”

O psicólogo David Comer Kidd, da New School for Social Research, afirma: “O que os autores fazem de maravilhoso é transformar você no escritor. Na literatura de ficção, a incompletude das personagens faz com que sua mente tente entender a mente de outros”. Com isso, os leitores desenvolvem a capacidade de tentar ver as coisas do seu ponto de vista, mesmo não concordando com você.



“Você deveria se apaixonar apenas por alguém que consiga ver sua alma. Deve ser alguém que não apenas te conhece, mas que te compreenda completamente.”
“Eles não são apenas inteligentes. São sábios.”
“Ser inteligente demais pode ser desagradável, mas ser sábio é algo cativante.”

 Se apaixonar por um leitor pode garantir quase que 100% de melhora no nível das conversas. Os leitores verdadeiros são mais inteligentes devido ao aumento no vocabulário, melhor desenvolvimento da memória e senso intuitivo para detectar padrões apurado.

“Se você namora alguém que lê, então você também viverá milhares de vidas diferentes.”
“Se você ainda procura por alguém que te complete, que preencha o vazio em seu coração solitário, procure por essa raça que está se extinguindo. Você os encontrará em cafeterias, parques e no metrô.”
“Você os verá com mochilas, bolsas e maletas. Eles serão curiosos e sensíveis, e você saberá nos primeiros minutos de conversa com eles.”

Se você apreciou os argumentos, entendeu o ponto de vista da autora, concorda com ela e já não vê a hora de procurar sua paixão que lê, é preciso se apresse, pois essa querida autora que abriu nossos olhos acredita que os chamados “profundos leitores” estão em extinção, já que as pessoas muitas vezes apenas “passam o olho” pelas páginas ao invés de realmente lê-las, entendê-las e amá-las.




4 Comentarios "Diz a ciência: Quem lê livros não só é mais inteligente como também é o melhor tipo de pessoa para se apaixonar"

  1. Nossa, que bacana! Sabia que ler trazia benefícios, mas não sabia que eu seria "melhor" para apaixonar haha. Muuuuito interessante ;)

    http://somaisumapaginamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não fazia a mínima ideia. Estava fuçando o facebook quando vi uma matéria sobre isso e decidi que tinha que compartilhar com vocês. Obrigada pela visita ao blog e pelo comentário, você foi muito atenciosa. Dei uma olhada no seu blog e amei. Você me verá muito por lá. :D

      Excluir
  2. Já tinha lido o texto e amei de paixão, muito lindo o texto. Realmente a leitura tem vários benefícios. Eu adoraria namorar com alguém que ame ler haha
    Beijos <3
    http://leit0res.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas gente... Sinto-me extasiada por saber que mesmo já tendo lido o texto em outro lugar você se deu ao trabalho de ler novamente e ainda por cima comentar!
      Seria muito bom mesmo namorar alguém assim, não é? Acho que foi por isso que meu ultimo namoro não deu certo. Rsrsrs
      Obrigada por visitar o blog e por comentar, volte mais vezes. Beijos <3
      Ps.: Sabia que já tinha te visto em algum lugar, eu já vi seu blog e amei-o, prepare-se para ser stalkeada por meio dele. É brincadeira viu?

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Seja um

Aprendiz!

Aprendizes pelo Blogger

Aprendizes no Facebook

Aprendizes por E-mail

Formulário de Contato

Nome

E-mail *

Mensagem *